Geração de empregos segue em alta em Santa Catarina. Veja números.


Os dados do Ministério da Economia sobre a geração de empregos em setembro voltaram a colocar Santa Catarina em posição de destaque no Brasil. Com 17.829 novas vagas formais de trabalho, o estado teve o melhor desempenho do Sul do país no mês passado.






O resultado é ainda melhor quando se leva em consideração o acumulado do ano até aqui: em 2021, Santa Catarina tem um saldo de 176.789 novos postos de trabalho. Trata-se do terceiro melhor resultado em números absolutos entre todos os estados, atrás apenas de São Paulo (786 mil) e Minas Gerais (290 mil), ambos com populações muito maiores que Santa Catarina.


As informações constam no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta terça-feira, 26.


Se levados em consideração os últimos 12 meses, Santa Catarina registra 226.371 novas vagas formais de emprego. O chefe do Executivo lembra ainda que a taxa de desemprego está em 5,8%, a menor do país e menos da metade da média nacional.


Na divisão por setores econômicos, os serviços tiveram o melhor saldo do mês de setembro, com 7.359 novas vagas. Em seguida, aparecem a indústria (4.549), o comércio (4.273), a construção civil (1.077) e a agricultura (571). Os novos empregos estão surgindo em todas as regiões catarinenses.


As 20 cidades que mais geraram empregos em Santa Catarina, no acumulado do ano até aqui, são: Joinville (16.260 vagas), Blumenau (13.077), São José (9.553), Itajaí (9.117), Chapecó (6.983), Jaraguá do Sul (6.736), Brusque (5.211), Criciúma (4.921), Palhoça (4.387), Tubarão (3.287), Balneário Camboriú (2.695), Gaspar (2.664), Rio do Sul (2.453), Indaial (2.391), São Bento do Sul (2.101), Itapema (2.028), Caçador (1.969), Lages (1.932) e Içara (1.888).




Fonte: SeCOM/SC

15 visualizações
Whatsapp-Icon-PNG-300x300.png