Galo atropela o River Plate e vai duelar com o Palmeiras na semi


Uma noite espetacular, com um roteiro perfeito para registrar na história a classificação do Atlético-MG às semifinais da Libertadores. O Galo não tomou conhecimento do River Plate no Mineirão. Aplicou 3 a 0, com direito a golaços de Zaracho e Hulk. O Alvinegro, que já havia vencido em Buenos Aires, impôs nova derrota ao River e selou a vaga. Tudo sob os olhares, gritos e apoio da torcida, de volta ao estádio após 529 dias.


De volta à semifinal


Na 11ª participação do clube em Libertadores, o Atlético está de volta à semifinal da competição. O clube chegou a essa fase do mata-mata em 2013, quando foi campeão. Antes, em 1978, o Galo disputou um triangular semifinal com Boca Juniors e River Plate, mas foi eliminado. O Alvinegro esteve presente nas edições de 1972, 1978, 1981, 2000, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2019 e 2021.


Agora é o Palmeiras


Melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, o Atlético vai encarar nas semifinais o segundo time de melhor desempenho, o Palmeiras. Os paulistas eliminaram nas quartas de final o rival São Paulo, após um empate (1 a 1) e uma vitória (3 a 0). As semifinais estão previstas para as semanas de 22 e 29 de setembro.


A massa presente


O duelo com o River Plate marcou o retorno do torcedor aos jogos em Belo Horizonte depois de mais de 520 dias. Desde o começo da pandemia da Covid-19, a torcida estava afastada. No fim de julho, a Prefeitura de Belo Horizonte autorizou a volta parcial da torcida aos estádios da cidade, respeitando um protocolo de segurança. Por enquanto, são permitidos 30% da capacidade das arenas. O Mineirão recebeu cerca de 18 mil atleticanos para ver Galo e River. Antes do jogo, muita aglomeração e torcedores sem máscara no entorno do Gigante da Pampulha.


Nacho e Diego Costa na torcida


Além dos quase 18 mil torcedores, o Atlético contou com o apoio especial de duas estrelas do elenco, presentes em um camarote do estádio. Nacho Fernández, autor do gol da vitória em Buenos Aires, estava suspenso, por ter sido expulso no jogo de ida. Diego Costa foi anunciado pelo clube esta semana e ainda não tem condições de estrear com a camisa alvinegra.


Cofre cheio


A vaga na semifinal da Libertadores garantiu ao Atlético mais R$ 10,5 milhões de cota da Conmebol. São R$ 39,7 milhões acumulados desde a fase de grupos da competição. Em toda temporada, contando com os valores pagos pela Copa do Brasil, o Galo soma mais de R$ 47,5 milhões em premiações com avanços em torneios.


Brasileirão na agenda


O Atlético agora tem pela frente um compromisso pelo Campeonato Brasileiro, o qual lidera. Na próxima segunda-feira, o time enfrenta o Fluminense , às 20h, no Rio de Janeiro, pela 17ª rodada.



FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Staff Images / CONMEBOL

14 visualizações
Whatsapp-Icon-PNG-300x300.png