Exportação de carne bovina do Brasil bate recorde pelo 2º mês seguido


As exportações de carne bovina do Brasil voltaram a registrar números expressivos, após volume recorde em janeiro. No último mês, o volume embarcado chegou a 159,1 mil toneladas, alta de 55,8% sobre o montante embarcado em fevereiro de 2020, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).


Em relação ao faturamento, o resultado foi ainda melhor. Foram US$ 889,4 milhões arrecadados em fevereiro deste ano, com elevação de 91,9% sobre o resultado em mesmo período de 2021.


“Esse é um ótimo desempenho para o mercado brasileiro. O Brasil segue se destacando e muito competitivo, ganhando mercados como Austrália, Estados Unidos e Argentina. Além disso, a presença da China faz uma diferença brutal nos volumes e na receita da carne bovina exportada”, pontua o analista da Safras & Mercado, Fernando Iglesias.

Segundo o analista, a tendência é que os embarques de carne bovina se mantenham aquecidos pelos próximos meses, com vendas mensais superando a marca das 140 mil toneladas, como já aconteceu neste início de ano.

O mercado chinês, além de movimentar as exportações de carne bovina, também motiva neste momento os valores pagos pelo boi ‘padrão China’ no mercado brasileiro. “Se no início do ano o valor pago por esse animal diferenciado era de R$ 335 em São Paulo, agora o valor saltou para R$ 360. Esse tipo de animal está sendo muito demandado no mercado, o que é muito vantajoso para o pecuarista”.


Fonte/foto: Canal Rural

28 visualizações
Whatsapp-Icon-PNG-300x300.png