Eu mereço isso


Por vezes, companheiros de trabalho ou mesmo familiares, quando indagados se passam bem, se tudo está bem com eles, respondem: Melhor do que mereço.

A afirmativa nos causa sempre estranheza, sobretudo, se forem religiosos, conhecedores, portanto, de que Deus é infinito em todas as Suas atribuições. Portanto, Sua justiça é perfeita.

Se qualquer um de nós estiver melhor do que merece, algo está equivocado na Justiça Divina.

Consideremos: todos nós merecemos estar neste planeta, agora, neste ciclo de transição, neste período de tanta turbulência. Ao mesmo tempo, de muitas oportunidades.

Nenhum de nós está aqui, nestas circunstâncias, por equívoco ou descuido da Divindade.

Estamos, neste planeta, porque merecemos estar envolvidos em todas as vicissitudes que ele nos oferece, agora.

Chances de provarmos a nossa constância, a nossa perseverança, nossa força de vontade para tudo vencer. Mundo de provas. Para aprendermos.

Aprendermos que, quando programamos um final de semana maravilhoso no campo, desaba o maior temporal e sequer conseguimos chegar ao local, pelas condições intransitáveis da estrada.

Aprendermos que, embora possamos ter o comando de nossas vidas, ele não é ilimitado, desde que um vírus terrível chega de inopino, interrompendo nossos planos de festa de casamento, formatura ou aniversário.

Aprendermos que, para preservar a nossa vida, é preciso mudar hábitos, implementar regras de higiene mais duras.

Merecemos estar neste mundo de expiações porque temos compromissos do passado, para resolvermos, tornando a nos encontrar com os desafetos ou cobradores do ontem.

Por isso, a traição, o desamor, os reveses nos encontram, em certas curvas do caminho, maltratando-nos a alma.

É tempo de tudo restituir aos legítimos donos, a sofrer os danos morais que outrora infligimos.

Mas, sobretudo, merecemos estar, neste planeta, porque a misericórdia do Pai é infinita e, em meio às provas e expiações, nos oferece um mundo cheio de beleza.

Um mundo de encantos naturais, no qual as águas entoam sinfonias para acalentar a alma que chora sozinha.

Um mundo que nos desperta com a passarada cantando, nos mais variados tons. E, enquanto tentamos decifrar qual o canto de cada um, nos elevamos em louvores ao Criador de tudo e de todos.

Um mundo que se renova todos os dias, com a alvorada, que se veste de estrelas e de luar, no manto da noite. Um mundo de flores, de perfumes, de chuva generosa, de céu de azul extraordinário, que se adorna de cores variadas, no cair da tarde.

Sim, merecemos estar neste planeta abençoado por Deus.

Merecemos viver neste país, abençoado por Deus e bonito por natureza, conforme o definiu um poeta cantor.

Tenhamos a certeza: merecemos estar aqui, merecemos as chances de renovação que esta Terra nos oferece.

Merecemos confortar a alma na beleza, no belo e no bom, enquanto os reveses a castigam e a solidão a faz lastimar ausentes queridos.

Deus é justo. Deus é bom.

Merecemos tudo isso: o bom, o ruim, o mais ou menos. Agradeçamos a Deus, hoje, amanhã e depois...

Redação do Momento Espírita. Em 8.11.2021.

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
Whatsapp-Icon-PNG-300x300.png