Estado inicia entrega de cartões do SC Mais Renda e ativa linha de crédito empresarial


O programa SC Mais Renda, criado pelo Governo do Estado para atender a famílias que tiveram a renda afetada pela pandemia e que não receberam nenhum auxílio federal, já começou a distribuir o primeiro lote de cartões.



Na manhã desta segunda-feira (26) foi realizada a entrega simbólica a três beneficiários no Centro Administrativo, em Florianópolis. Na ocasião, também foi anunciado o início da operação do SC Mais Renda Empresarial, com linhas de crédito com juros subsidiados para micro e pequenos empreendedores.


O secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, destacou a importância das iniciativas para apoiar pessoas e empresas catarinenses.


Os beneficiários do SC Mais Renda já cadastrados para o primeiro lote devem verificar a aprovação do cadastro no site SC Mais Renda. No mesmo endereço, também é possível verificar em qual Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) deve ser retirado o cartão, a partir desta terça-feira, 27.


O crédito de R$ 300,00 da primeira parcela também estará liberado nesta terça. Os trabalhadores que perderam vínculo formal de emprego entre 19 de março de 2020 e 1º de maio de 2021 em empresas dos setores contemplados pelo SC Mais Renda ainda podem se cadastrar até o dia 30 de setembro de 2021 no site SC Mais Renda.


Atualmente, há 9.927 catarinenses aprovados para receber o benefício nesse primeiro lote. O secretário adjunto do Desenvolvimento Social, Daniel Netto Cândido, destacou que a entrega dos cartões é resultado da união de esforços e muito trabalho.



SC Mais Renda Empresarial


O SC Mais Renda Empresarial é uma linha de crédito criada pelo Governo de Santa Catarina para atender micro e pequenos empreendedores afetados pela pandemia de Covid-19. Os juros serão totalmente subsidiados para aqueles que permanecerem adimplentes. O crédito é viabilizado pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e pela Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), com apoio de cooperativas de crédito conveniadas.


A linha poderá ser solicitada por micro e pequenas empresas com sede em Santa Catarina e faturamento bruto de até R$ 4,8 milhões por ano, que tenham a atividade principal ou secundária nos setores de turismo, bares, restaurantes, eventos, educação e transportes. É possível solicitar crédito de R$ 10 mil a R$ 100 mil, de acordo com análise realizada pela instituição.


Além do pagamento das parcelas em dia para ter direito aos juros subsidiados, os micro e pequenos empreendedores beneficiados devem manter quadro de funcionários compatível com a realização da sua atividade econômica, mantendo, no mínimo, o mesmo quadro de funcionários pelo período da carência concedida.


Nas próximas semanas, será lançada a linha de crédito específica para microempreendedores individuais (MEIs).




Fonte/foto: SeCOM/SC

67 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
Whatsapp-Icon-PNG-300x300.png