Com gol na prorrogação, Chelsea vence Palmeiras e conquista o Mundial de Clubes


O Palmeiras jogou muito, dentro de sua proposta, mas o Chelsea teve mais força na prorrogação, venceu por 2 a 1 com gol de pênalti nos minutos finais e conquistou seu primeiro Mundial de Clubes. Se o Verdão queria a conquista para coroar a era Abel Ferreira, os Blues também tinham seus objetivos: buscavam o primeiro título mundial, quase dez anos depois de terem sido derrotados em 2012. Lukaku abriu o placar para o Chelsea, já no segundo tempo, e Raphael Veiga, de pênalti, empatou. Num jogo muito parelho, a prorrogação acabou pendendo para os ingleses, que pressionaram muito um Palmeiras já cansado e fizeram o gol da vitória com Kai Havertz, de pênalti. O Chelsea comemora, mas o torcedor palmeirense também tem muito do que se orgulhar: bicampeão da Libertadores e vice Mundial fazendo uma grande partida, perdida nos detalhes.


Domínio europeu


Com o título do Chelsea, o Mundial de Clubes tem um novo campeão em sua galeria. E mais: agora, os europeus aumentam a hegemonia atual com nove títulos seguidos. O último derrotado havia sido justamente o Chelsea, em 2012.


Grana nos cofres


Com o título, o Chelsea leva US$ 5 milhões (R$ 26,2 milhões) em premiação da Fifa. Já o Palmeiras fatura US$ 4 milhões (R$ 21 milhões) e aumenta seus valores recebidos em bônus na era Abel Ferreira. Veja quanto o Verdão já ganhou desde a chegada do técnico.


Bola de Ouro, mas...


O zagueiro Thiago Silva, do Chelsea, foi eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes, com Dudu e Danilo, do Palmeiras, em segundo e terceiro lugares. Na final, porém, quase ficou marcado por um pênalti cometido muito parecido com outros dois que ele já fez na carreira: um pelo PSG e outro pela seleção brasileira, ambos em 2015.



FONTE: Globoesporte.com

FOTO: REUTERS/Suhaib Salem

4 visualizações
Whatsapp-Icon-PNG-300x300.png