Champions tem estreia do trio MNM no PSG e os clássicos


A ansiedade vai acabar. Depois de mais de um mês da chegada de Lionel Messi em Paris, o fã de futebol vai ter a chance de ver, pela primeira vez, o trio MNM, com o argentino, Mbappé e Neymar juntos. Eles estarão na Bélgica, para o jogo entre PSG e Brugge, pela primeira rodada do Grupo A da Liga dos Campeões. Mas se engana quem acha que esta é a única atração desta quarta-feira no torneio.


Dois clássicos que já decidiram a Liga dos Campeões acontecem na Inglaterra e na Itália. Liverpool e Milan fizeram as decisões em 2005 – uma das maiores da história – e em 2007, com um título para cada lado. Inter de Milão e Real Madrid foram os finalistas em 1964, quando os italianos ficaram com a taça. Além disso, a quarta ainda tem o favorito City e o fenômeno Haaland em campo.


GRUPO A


16h Manchester City x RB Leipzig

16h Brugge x PSG


Depois de tanta espera, o PSG deve ter Lionel Messi, Mbappé e Neymar juntos em campo. Na única partida em que isso seria possível, o técnico Mauricio Pochettino substituiu o brasileiro pelo argentino, que tem apenas 25 minutos com a camisa da equipe francesa.


Eles devem ser titulares nesta quarta, contra o Brugge, na Bélgica. Mas o técnico Mauricio Pochettino não quis adiantar a escalação.


O Paris ainda não tem Sergio Ramos, lesionado, e Di María e Gueye vão cumprir suspensão. Verratti também está fora, com problema no joelho. O rival da equipe francesa é o atual bicampeão belga e, na temporada passada, ficou em terceiro no grupo que tinha Borussia Dortmund, Lazio e Zenit, com dois pontos a menos que os italianos.


Para completar a chave, o vice-campeão da última edição entra em campo. O Manchester City recebe o RB Leipzig sem desfalques e com quase todo o elenco que perdeu o título para o Chelsea no Estádio do Dragão. Para Pep Guardiola, a experiência vai ser válida para a temporada que começa.


O RB Leipzig perdeu o técnico (Julian Nagelsmann), a dupla de zaga (Konaté e Upamecano) e um de seus principais jogadores (o atacante Sabitzer) para a atual temporada. A aposta é no promissor meia-atacante húngaro Szoboszlai, na criatividade de Dani Olmo e nos gols do português André Silva.


GRUPO B


16h Atlético de Madrid x Porto

16h Liverpool x Milan


Para muitos, este é o grupo mais forte. São 15 títulos representados, além dos três vices do Atlético. E a primeira rodada tem o encontro dos dois gigantes da chave. O Milan retorna à Champions depois de sete anos diante do rival da final de sua última conquista, em 2007. Mas em condições diferentes.


Enquanto o Liverpool é um dos times mais fortes do futebol mundial no momento, os italianos estão em reconstrução. E não terão Ibrahimovic, lesionado. O técnico Stefano Pioli se mostrou ciente do que significa para o clube retornar à competição


Os dois times se encontram em Anfield e ainda estão invictos na temporada: o Liverpool tem três vitórias e um empate na Premier League, e o Milan tem três triunfos no Italiano. Os Reds não terão Firmino, com lesão na coxa, além de Elliott, que fez cirurgia e só volta no fim da temporada. Além de Ibra, Krunic e Bakayoko desfalcam o time italiano.


No Estádio Metropolitano, o Atlético de Madrid recebe o Porto. Agora com o francês Griezmann ao seu lado no ataque, o uruguaio Luis Suárez vai tentar apagar a má impressão deixada na temporada passada da Champions, quando fez seis jogos e não balançou as redes pelo time alvirrubro. Diego Simeone não se considera favorito após o título espanhol.


GRUPO C


13h45 Besiktas x Borussia Dortmund

16h Sporting x Ajax


No embalo do cometa Haaland, artilheiro da temporada passada e que está com oito gols em seis jogos pelo clube em 2021/22 – e 65 bolas na rede em 65 partidas desde que chegou –, o Borussia Dortmund é favorito na chave. A estreia é fora de casa, contra o Besiktas, e o técnico Marco Rose tem nove desfalques por lesão, entre eles Thorgan Hazard.


A equipe turca, dirigida por Serge Yalçin e líder invicta de sua liga nacional, conta com os brasileiros Welinton, zagueiro ex-Flamengo e Coritiba, e Souza, volante ex-Vasco e São Paulo. Alex Teixeira é desfalque no departamento médico. Entre os rostos conhecidos do Besiktas para a volta à fase de grupos da Champions, estão o meia bósnio Pjanic e o atacante belga Batshuayi, emprestados por Barcelona e Chelsea, respectivamente.


No outro jogo do grupo, o Sporting do jovem técnico Rúben Amorim, de 36 anos, chega para a disputa após excelente campanha no título português de 2020/21. Como principal novidade está Sarabia, que perdeu espaço no galáctico PSG e se junta a nomes como Matheus Nunes, meia brasileiro lembrado por Tite para a Seleção, e Pedro Gonçalves, artilheiro da última liga nacional.


Em Lisboa, o adversário será o Ajax, que tem problemas no gol: Onana está suspenso, e Stekelenburg se lesionou recentemente. Com isso, o veterano Pasveer, de 37 anos, assumiu a posição no último compromisso pelo Holandês.


No ataque, o técnico Erik ten Hag conta com o sérvio Tadic e a dupla brasileira formada por Antony e David Neres – o último tem sido reserva. Com um grupo menos pedreira, a torcida sonha voltar às fases finais, como fez na temporada 2018/19, quando perdeu para o Tottenham nos acréscimos da semifinal.


GRUPO D


13h45 Sheriff x Shakhtar Donetsk

16h Internazionale x Real Madrid


O Sheriff, time da Moldávia com apenas 24 anos de existência, passou de forma invicta por Estrela Vermelha e Dínamo Zagreb nos playoffs. Na estreia, joga em casa contra o adversário teoricamente mais fraco do grupo. Um resultado positivo pode fazer com que a equipe sonhe pelo menos com um terceiro lugar, que dá vaga para a Liga Europa. O colombiano Castañeda, de 27 anos, é a referência técnica do time.


Outra equipe que passou pelos playoffs – contra Genk e Monaco –, o Shakhtar viu sua legião brasileira ser ampliada com a chegada de Pedrinho, ex-Corinthians e Benfica, importante na classificação para a fase de grupos. Dodô, Vitão, Marlon, Ismaily, Marcos Antônio, Maycon, Alan Patrick, Fernando, Tetê e Dentinho são os outros do país à disposição do técnico italiano Roberto de Zerbi, recém-chegado. Junior Moraes, lesionado, e Marlos são os naturalizados ucranianos.


Um dos grandes jogos do dia fica por conta de Internazionale x Real Madrid, rivais também na fase de grupos datemporada passada. Campeã italiana em 2020/21, a Inter, lanterna da chave na última Champions, agora está de técnico novo: Simone Inzaghi. O time perdeu Hakimi e Lukaku, mas se reforçou com Çalhanoglu, Joaquin Correa e Dzeko. Eriksen segue fora por causa do problema cardíaco que teve na Eurocopa.


Do lado merengue, também houve mudança no comando: Zidane saiu para a volta de Carlo Ancelotti. Embalada pela dupla Vini Jr. e Benzema no Espanhol– que brilhou no 5 a 2 sobre o Celta no último fim de semana –, a equipe estreia fora de casa no que promete ser o desafio mais difícil no Grupo D. Os lesionados Bale, Kroos, Marcelo e Mendy são desfalques.



FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Infoesporte/ge.globo

5 visualizações
Whatsapp-Icon-PNG-300x300.png