AAPF Palmitos é tricampeão no MASC; Usinox Coradi conquista o título no FEM!




Foi o maior público da 4ª edição da Supercopa Tropical, e os jogos fizeram valer a pena o torcedor passar um pouquinho de frio no Ginásio Municipal Hélio dos Anjos Ortiz de São Carlos na noite desta sexta-feira dia 03 de junho.


As finais da Supercopa Tropical - Troféu Cris Haus não deixaram a desejar em nada, e o espetáculo foi garantido, na quadra e nas arquibancadas.


Foram jogos de tirar o fôlego desde as disputas de terceiro lugar, até as disputas do título.


A Tropical FM transmitiu todas as partidas pela Rádio 97.7, Facebook, You Tube e Instagram.


RESUMO DOS JOGOS


O primeiro duelo da noite foi valendo o terceiro lugar do feminino. O Sinergia Futsal de Nova Erechim encarou a CME São Carlos, e com dois gols de Julia, venceu pelo placar de 2 a 1. O único gol de São Carlos foi anotado por Karine Simon.


Júlia foi eleita a melhor jogadora da partida.


Logo após foi a vez da disputa de terceiro lugar entre E.C Olaria/Friboth de São Carlos e Esporte Clube SQS de Nova Itaberaba. O Olaria foi melhor e conquistou o terceiro lugar com uma vitória de 6 a 4, gols de Alisson, Franchesco (2 vezes), Luan (2 vezes), Jacú. Os gols do SQS foram anotados por Sidi e Alex (3 vezes).


Franchesco foi eleito o melhor jogador da partida.


O terceiro duelo da noite foi valendo o título da categoria feminino. A Usinox/Coradi/SME Xanxerê sagrou-se campeã de forma invicta. Já Hortiagro FC ficou com a segunda colocação perdendo apenas duas partidas na competição, ambas justamente para a Usinox. Foi um grande jogo, exatamente como o público esperava. Eliza, Mari e Tainara anotaram os gols do título da Usinox, final 3 a 0.


Mari foi eleita a melhor jogadora em quadra.


O último jogo da noite foi pra fechar a Supercopa com chave de ouro. Frente á frente estavam duas equipes que disputam Série Ouro (AAPF Palmitos) e Série Prata (CME Nova Itaberaba), e que haviam conquistado as três edições da Supercopa. A primeira edição foi conquistada por Nova Itaberaba, e a segunda e terceira edições foram conquistadas pela AAPF Palmitos.


O jogo foi empolgante do inicio ao fim, e o torcedor que lotou o ginásio viu suas expectativas serem atendidas.


Na primeira etapa, a AAPF Palmitos abriu o placar antes dos 3 minutos de bola rolando, com Léo. Nova Itaberaba chegou ao empate ainda na primeira etapa, aos 15 minutos, com Ronaldo. Final do primeiro tempo 1 a 1.


Na segunda etapa, a AAPF Palmitos voltou a ficar á frente no placar aos 13 minutos, novamente com Léo, 2 a 1. E faltando 23 segundos para o fim do jogo, o artilheiro da Supercopa entrou em cena e colocou números finais á partida - Adão fez o primeiro dele e o terceiro da AAPF Palmitos, que conquistou o tricampeonato da Supercopa Tropical, final 3 a 1.


Léo, autor de dois gols foi escolhido o melhor jogador da partida.


CONFIRA AS FOTOS DAS FINAIS DA 4º SUPERCOPA TROPICAL (CLIQUE AQUI)


DEMAIS PREMIAÇÕES:


FEMININO


- TROFÉU DISCIPLINA: FMEC PINHALZINHO (com nenhum cartão em 5 jogos)

- ARTILHEIRA: Alana, goleira da Hortiagro FC (com 7 gols)

- GOLEIRA MENOS VAZADA: Karine Batman da CME São Carlos (com média de 0,57 gols por jogo)


MASCULINO


- TROFÉU DISCIPLINA: São João (com 2 cartões em 4 jogos)

- ARTILHEIRO: Adão da AAPF Palmitos (com 11 gols)

- GOLEIRO MENOS VAZADO: Kayke da AAPF Palmitos (com média de 1 gol por jogo)

TOTAL DE GOLS MARCADOS NA 4ª EDIÇÃO DA SUPERCOPA TROPICAL : 314


1º RODADA: 19 GOLS (17 NO MASCULINO E 2 NO FEMININO)

2º RODADA: 23 GOLS (21 NO MASCULINO E 2 NO FEMININO)

3º RODADA: 17 GOLS (21 NO MASCULINO E 2 NO FEMININO)

4º RODADA: 13 GOLS (11 NO FEMININO E 2 NO MASCULINO)

5º RODADA: 14 GOLS (11 NO MASCULINO E 3 NO FEMININO)

6º RODADA: 22 GOLS (13 NO MASCULINO E 9 NO FEMININO)

7º RODADA: 18 GOLS (14 NO MASCULINO E 4 NO FEMININO)

8º RODADA: 20 GOLS (15 NO FEMININO E 5 NO MASCULINO)

9º RODADA: 25 GOLS (15 NO MASCULINO E 10 NO FEMININO)

10º RODADA: 24 GOLS (11 NO MASCULINO E 13 NO FEMININO)

11º RODADA: 17 GOLS (15 NO MASCULINO E 2 NO FEMININO)

12º RODADA: 12 GOLS (9 NO MASCULINO E 3 NO FEMININO)

13º RODADA (2º FASE/ELIMINATÓRIAS): 24 GOLS (TODOS NO MASCULINO) 14º RODADA (QUARTAS DE FINAIS): 13 GOLS (9 NO MASCULINO E 4 NO FEMININO) 15º RODADA (QUARTAS DE FINAIS): 15 GOLS (9 NO MASCULINO E 6 NO FEMININO)

16º RODADA (SEMIFINAIS): 18 GOLS (13 NO MASCULINO E 5 NO FEMININO)

17º RODADA (FINAIS): 20 GOLS (14 NO MASCULINO E 6 NO FEMININO)


MÉDIA DE GOLS POR PARTIDA


Na 1ª rodada foram 19 gols marcados - média de 4,75 por partida;

Na 2ª rodada foram anotados 23 gols - média de 5,75 gols por partida;

Na 3º rodada, foram marcados 17 gols - média de 4,25 por partida;

Na 4º rodada foram marcados 13 gols - média de 3,25 por partida;

Na 5º rodada foram marcados 14 gols - média de 3,5 por partida;

Na 6º rodada foram marcados 22 gols - média de 5,5 por partida;

Na 7º rodada foram marcados 18 gols - média de 4,5 por partida;

Na 8º rodada foram marcados 20 gols - média de 5 por partida;

Na 9º rodada foram marcados 25 gols - média de 6,25 por partida;

Na 10º rodada foram marcados 24 gols - média de 6 por partida;

Na 11º rodada foram marcados 17 gols - média de 5,6 por partida;

Na 12º rodada foram marcados 12 gols - média de 4 por partida;

Na 13º rodada, RODADA ELIMINATÓRIA, foram marcados 24 gols - média de 6 por partida;

Na 14º rodada foram marcados 13 gols - média de 3,25 por partida; Na 15º rodada foram marcados 15 gols - média de 3,75 por partida;

Na 16º rodada foram marcados 18 gols - média de 4,5 por partida;

Na 17º rodada foram marcados 20 gols - média de 5 por partida;


MÉDIA DE GOLS NO GERAL: 4,75 POR PARTIDA (contabilizando as DEZESSETE rodadas / 66 jogos).

132 visualizações
Whatsapp-Icon-PNG-300x300.png